Anteriormente...

Receitas da Salsaparrilha – Edição de Abril de 2016

6_thiebaud

Bolos, de Wayne Thibaud (1963).

Receitas anteriores: março/2016 fevereiro/2016 – janeiro/2016

Saudações a todos.

Depois de uma Páscoa gorda, este foi um mês para apertar os cintos. Estivemos de dieta, mas caprichamos no prato principal. Além disso, como ninguém é de ferro, oferecemos alguns quitutes para você beliscar com moderação. Recomendamos acompanhar com uma lager inglesa ou um clássico gim tônica.


newspratoprincipal

Mundo vazio — Enfrentando a realidade através de Dark Souls:

Os jogos da série Dark Souls, cujo terceiro e (supostamente) último capítulo foi lançado esse mês no ocidente, ganharam notoriedade pela sua dificuldade. Tornaram-se, assim, um enorme sucesso de crítica e vendas. Mas o que motiva o jogador a atravessar dezenas de horas de sofrimento e a morrer centenas de vezes no caminho para realizar o destino de seus personagens? Masoquismo? Ou uma sensação de vitória e realização raras de serem experimentadas, nos games ou fora deles? Por Tiago Ramos.

newspanela

Baratinho e de mau gosto:

Com a estreia da terceira temporada de Penny Dreadful na HBO, uma boa oportunidade para descobrir o significado do título da série. Mais do que só o nome, as próprias tramas criadas para a TV se inspiram nas histórias mirabolantes que faziam sucesso na… Por Maurício Sellmann.

newsdivisa

newscomida

tvicon

Marvel’s Agent Carter (1ª temporada): Finalmente disponível no Netflix, o seriado da namorada do Capitão América parece espelhar a história de sua personagem-título: ambos são invisíveis em mundos que esperam muito pouco deles. Mas, como a própria agente Peggy Carter (Hayley Atwell), ele é cheio de surpresas. Ao narrar as aventuras da protagonista na machista sociedade norte-americana pós-Segunda Guerra Mundial, a série entrega excelentes atuações, ambientação impecável, ação e humor. Além de uma inesperada sensação de que ninguém está seguro, em uma trama de espionagem repleta de reviravoltas. E não precisa nem ser versado nos filmes e séries da Marvel para acompanhar. (TR)

bookicon

Não Há Nada Lá (Companhia das Letras): William Burroughs, Jimmi Hendrix, Torquato Neto, Fernando Pessoa, Aleister Crowley, Billy the Kid, Raymond Roussel, Isidore Ducasse, Arthur Rimbaud e a menina Lúcia da cidade de Fátima, todos cabem neste livrinho breve, enquanto interagem no espaço e no tempo com um misterioso objeto transdimensional, o Tesseract (que, ao contrário do que você pensava, não é marca registrada da Marvel). Usando truques gráficos e até a tradução de nomes para desorientar o leitor, Joca Reiners Terron criou, neste romance de 2001, o mash-up psicodélico definitivo. (MS)

gamesicon

Spider: The Curse of Bryce Manor (2009): Você, no papel de uma aranha esfomeada, tece teias por todos os cômodos de uma mansão abandonada, tentando devorar os insetos do local. Se a premissa faz parecer que o game é adequado para crianças, não se engane: é mesmo. Apenas os adultos, entretanto, conseguirão apreciar o verdadeiro propósito do jogo: desvendar o que aconteceu com os habitantes da mansão. Por trás do gameplay simples oculta-se uma tragédia, contada em silêncio e por meio de cenários, objetos e, principalmente, do vazio das ausências. Brilhante. Disponível para iOS Android(TR)

filmicon

The Image (1967): Depois da morte do “Camaleão”, em janeiro deste ano, o David Bowie Archive desencavou esta que foi a primeira aparição do cantor no cinema. Neste curta sem diálogos do diretor de filmes de terror Michael Armstrong, Bowie é uma figura na tela de um pintor (Michael Byrne) que ganha vida. O artista tenta matá-lo várias vezes, mas a aparição parece ter sete vidas. Passou originalmente nos cinemas entre dois filmes pornôs e entrou para a história como o primeiro curta inglês a ser proibido para menores de idade, devido à violência. Assista junto às duas últimas aparições narrativas do cantor, nos videoclipes para Blackstar Lazarus, que falam justamente sobre morte e ciclos que se completam — eis uma bela homenagem ao homem que caiu na Terra. (MS)

newsdivisa

Nosso boletim volta dentro de um mês. Até lá, não custa nada lembrar: você pode nos seguir aqui mesmo (basta cadastrar seu e-mail no final da página). Além disso, fique à vontade para bater um papo conosco através de revistasalsaparrilha@gmail.com, via Twitter ou FacebookBon appétit!

newsbaby

Anúncios
Sobre Revista Salsaparrilha (39 artigos)
Lê, vê, joga e cura reumatismo.

1 comentário em Receitas da Salsaparrilha – Edição de Abril de 2016

  1. Não tenho “coragem” de encarar Dark Souls (risos).
    Agent Carter é muito legal, preciso terminar de ver a 2ª temporada.
    Penny Dreadful só vi o 1º episódio da 3ª temporada e promete bastante.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: